NOTÍCIAS

SALDO DA BALANÇA COMERCIAL DE MARINGÁ ACUMULA US$ 314,17 MILHÕES NO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2019

Em março a balança comercial maringaense obteve um superávit de US$ 184,46 Milhões, observamos um aumento de 154,84% em relação ao mesmo período do ano anterior. No acumulado dos três primeiros meses do ano de 2019 a balança comercial de Maringá acumulou US$ 314,17 Milhões, comparando o primeiro trimestre de 2019 com os demais anos, podemos observar que o único ano em que ultrapassamos este valor foi no ano de 2014, onde se registrou US$ 388,37 Milhões no primeiro trimestre daquele ano.

As exportações somaram US$ 197,92 milhões, com um aumento de 103,19% em relação a março de 2018, onde somou-se US$ 19,90 milhões. Comparando com o mês anterior (fevereiro) deste ano observamos um aumento de 70,13%. O saldo das exportações de março é o melhor saldo para o mês desde 2014, onde registrou-se US$ 260,70 milhões.

As importações somaram US$ 13,47 Milhões, comparando com o mês anterior (fevereiro) deste ano obtivemos uma queda de 32,71% e em relação ao mês de fevereiro de 2018 obtivemos uma queda de 46,24%.

Em março Maringá avançou 3 posições no ranking de exportações do Paraná ficando em 2º, avançou também 17 posições no ranking de exportações do Brasil ficando em 26º. Já no ranking das importações estamos no 8º lugar no ranking do Paraná e 120º lugar no ranking de Brasil. Em março tivemos 55 exportadores (12 novos registrados em março) e 145 importadores (26 novos registrados em março) na cidade [Quantidade de Exportadores/Importadores considera tanto os operadores pessoas jurídicas (CNPJ) quanto físicas (CPF)].

Produtos

Os principais cinco produtos exportados no primeiro trimestre do ano foram: Soja, mesmo triturada (73%), Milho (8,2%),  Carnes e miudezas comestíveis, frescas, refrigeradas ou congeladas, das aves da posição 0105 (6,3%), Tortas e outros resíduos sólidos da extração do óleo de soja (5,2%) e Açúcares de cana ou de beterraba e sacarose quimicamente pura, no estado sólido (1,8%).

Os principais cinco produtos importados no primeiro trimestre do ano foram: Díodos, transístores e dispositivos semelhantes com semicondutores; dispositivos fotossensíveis semicondutores, incluídas as células fotovoltaicas, mesmo montadas em módulos ou em painéis; díodos emissores de luz; cristais piezoelétricos montados (24%), Construções pré-fabricadas (18%),  Adubos (fertilizantes) minerais ou químicos, contendo dois ou três dos seguintes elementos fertilizantes: azoto (nitrogénio), fósforo e potássio; outros adubos (fertilizantes) (12%), Partes e acessórios (exceto estojos, capas e semelhantes), reconhecíveis como exclusiva ou principalmente destinados às máquinas e aparelhos das posições 8469 a 8472 (4,6%) e Transformadores elétricos, conversores elétricos estáticos (rectificadores, por exemplo), bobinas de reactância e de auto-indução (2,9%).

Países Parceiros

Os cinco principais compradores de produtos maringaenses no primeiro trimestre do ano foram: China (US$ 245,69 milhões, participação 65%), Holanda (US$ 30,35 milhões, participação 8%), Irã (US$ 28,40 milhões, participação 7,5%), Taiwan (US$ 13,12 milhões, participação 3,5%) e Bangladesh (US$ 10,51 milhões, participação 2,8%).

Os cinco principais fornecedores de Maringá no primeiro trimestre do ano foram: China (US$ 31,59 milhões, participação 49%), Estados Unidos (US$ 12,67 milhões, participação 20%), Rússia (US$ 7,85 milhões, participação 12%), Índia (US$ 1,90 milhão, participação 3%) e Alemanha (US$ 1,34 milhão, 2,1%).

Fonte: Instituto Mercosul. Dados: Mdic.

Parceiros

Real Time Web Analytics